Naming. O que o nome de uma empresa pode dizer sobre ela?

Qual é a importância de um nome? Minha resposta a isso é que nada será usado por tanto tempo ou com mais frequência do que o nome de uma empresa. Não é apenas um exercício criativo. É um exercício estratégico. “

Nessa frase, David Placek consegue sintetizar muito bem a importância do naming. Sua empresa, a Lexicon Branding, já criou nomes como Blackberry e Pentium e atende empresas como Procter & Gamble, Coca-Cola, Subaru, Toyota, General Motors, Apple, Colgate, Pfizer, HP, 3M, Mercedes-Benz e muitas outras.

Então te faço uma pergunta. Por que você acha que grandes corporações multinacionais – que movimentam trilhões de dólares anualmente – investem um valor considerável para que uma empresa crie o nome para seus produtos? A resposta você já deve saber. O nome é parte fundamental para o sucesso de um produto ou de uma empresa.

O que é naming?

Para deixar tudo bem claro, vamos a uma definição mais formal do termo. Naming é o processo criativo e estratégico para a escolha do nome (de um produto, serviço ou empresa) que irá estabelecer uma relação direta com o posicionamento que se pretende, fazendo que o consumidor se identifique com esse nome.

Dar nome para uma empresa é o mesmo que contar uma história. E quando essa história é boa, nós conseguimos três coisas muito importantes: ter a atenção do consumidor, fazer a empresa ser interessante e dizer algo novo.

Se eu precisar do serviço de naming, quem devo contratar?

Essa é uma dúvida muito comum porque o serviço de naming não é muito difundido. Hoje, quem costuma batizar uma empresa é o próprio dono ou até mesmo um familiar. Também desconheço no Brasil uma empresa que se dedique exclusivamente a esse serviço. Então, o lugar mais recomendado para contratar um serviço de naming é em uma agência de publicidade especializada em branding. Na Tratativa você pode fazer essa busca e encontrar fornecedores em todo o Brasil.

Branding: é um conjunto ordenado de ações que tem o objetivo exclusivo de criar valor a uma marca e fazer sua gestão ao longo do tempo, atuando desde a concepção até o desenvolvimento.

Outra possibilidade é contratar diretamente um redator, uma vez que é esse profissional que realiza o serviço de naming dentro de uma agência de publicidade.

Como funciona o processo de criação de um naming?

Eu sou redator, já trabalhei em algumas agências de propaganda e centenas de jobs para criação de nomes de empresas, produtos e serviços já passaram por mim.

Durante esse tempo, de forma natural, eu desenvolvi uma metodologia para criação de naming para empresas que se mostrou muito eficiente. É um processo que procuro repetir e que sempre acaba me levando para caminhos muito diferentes, mas todos muito satisfatórios. A metodologia consiste nos seguintes processos:

1. Do que estamos falando?

O primeiro passo é fazer uma longa e vasta pesquisa sobre o mercado em que a empresa está inserida. Além de procurar por dados e informações mais técnicas, também começo a investigar quais são as referências culturais que podem ser exploradas. Particularmente, para mim, essa é a parte mais demorada e a mais importante. Se ela não for bem feita, as etapas seguintes não serão boas e terei que “voltar à casa 1”.

2. Mãos à obra – Partiu brainstorming

Essa é a parte mais divertida e mais angustiante também. Aqui é preciso enfrentar a “terrível folha em branco”. Não é fácil começar, mas depois que a coisa engrena tudo parece muito natural. No brainstorming, tudo é possível. Não é hora de ponderar, é hora de extravasar e dar vazão a todas as ideias, é assim que nascem os nomes mais originais e mais eficazes.

3. Vamos garimpar – Passando a peneira

Já viu aqueles garimpos em que a pessoas lançam a peneira no fundo do rio e a trazem para a superfície cheia de areia? Então eles vão peneirando, deixando a água levar a areia embora até que fique apenas os objetos mais pesados onde pode estar o ouro. Depois do brainstorming eu faço exatamente a mesma coisa. Pego os nomes que surgiram e jogo fora tudo o que não presta – que costuma ser 95% do que escrevi.

4. Olha o que sobrou!

Então sobram apenas algumas opções com potencial. Agora sim é hora de ponderar, pensar e repensar quais são as melhores alternativas, perceber quais são os nomes mais fáceis de memorizar, os mais sonoros e os mais fortes. Eu escolho três opções que sejam bastante distintas entre si e preparo um texto, argumentando porque acredito que esses nomes sejam boas opções e apresentando uma defesa racional da escolha.

5. Agora é com o cliente

Peço para um colega designer me ajudar com o layout da apresentação e envio o material que foi cuidadosamente lapidado para que o cliente aprecie e escolha a alternativa que ele julga ser a mais adequada ao mercado que está inserido.

Conheça algumas diretrizes que uma empresa ou profissional competente considera na hora de criar um naming:

– Curto, fácil de prenunciar e escrever
– Neutro e que não problematize com questões sociais e políticas
– Adequado ao que pretende vender
– De fácil memorização
– Que represente uma promessa verdadeira
– Que esteja disponível
– Pronúncia fácil na maioria das línguas

Os diferentes tipos de nomes

A gente acaba nem parando para pensar, mas é possível dividir os nomes de empresas em categorias. Alguns são siglas, outros levam um nome próprio e tem aqueles que parecem não ter nenhum sentido. Fiz divisão em categorias que tentasse abrangesse o maior número de casos, veja só:

Descritivos
São nomes que descrevem, de maneira literal, ao que a empresa se presta. A vantagem é que mesmo uma pessoa que não conheça a empresa, ao ler o nome já sabe o que ela oferece.

Banco do Nordeste (Banco com forte atuação na região nordeste do país)
Casa do Pão de Queijo (Loja especializada na comercialização de pães de queijo)

Inventados
Para esses nomes, é inventada uma palavra que não existe em nenhuma língua. São nomes completamente originais e que são excelentes para otimização de SEO, uma mão na roda para serem encontrados nos buscadores de internet.

Danone (Para homenagear o filho primogênito – Daniel One)
Spotfy (União de duas palavras “spot” e “identify” que sugere: descobrir e identificar

Próprios
Geralmente carregam o nome do fundador ou são dados para homenagear alguém da família, como um patriarca ou matriarca, por exemplo.

Jonh Deere (inventor do arado de aço autolimpante, que revolucionou a agricultura americana)
Jack Daniel’s (apelido de Jasper Newton Daniel, fundador da destilaria de uísque)

Estrangeiros
Nomes que são dados em outras línguas que não a do país de origem da empresa. A ideia é agregar algo daquela outra cultura para a marca.

Netshoes (empresa brasileira e maior portal de venda de calçados do mundo)
Vivara (nome de uma ilha italiana – Isola de Vivara)

Siglas
Algumas empresas que têm nomes longos, acabam utilizando siglas para facilitar a memorização.

FedEx – Sigla de Federal Express
TAM – Taxi Aéreo Marilia (antes da mudança para LATAM)

Sugestivos
Pessoalmente, esse é um dos tipos de nomes que mais me agradam. Ele sugere através da palavra qual é o conceito da empresa.

Natura (a palavra natura remete a natureza, que é um dos apelos da marca)
Tratativa (sugere a realização de acordos entre duas partes)

Experiências
Nomes assim tentar insinuar como será a experiência do consumidor com a empresa ou com o produto.

PagSeguro (propõe uma experiência segura de compra na internet)
Post-it (o nome do produto já indica qual deve ser a ação do consumidor)

Escolhendo o nome da sua empresa

Nesse artigo, procurei trazer informações sobre a importância do naming, seu processo de criação e alguns pontos que devem ser levados em consideração. Você ainda pode conhecer mais sobre esse processo e tirar dúvidas, na nossa página. Se você vai abrir uma empresa e ainda está escolhendo um nome, lembre-se que essa é uma das decisões mais importantes para o sucesso do seu negócio.

Eu aconselho muito que você conte com a ajuda de um profissional para esse serviço. Não se preocupe, ele não vai escolher um nome por você, mas vai te ajudar a pensar em possibilidades que, sozinho, você não conseguiria.

Quem bate o martelo é você. Mas é muito melhor poder escolher um nome que foi exaustivamente trabalhado e que surgiu a partir de centenas de outras opções que foram descartadas. Pode ter a certeza que o serviço de naming é um excelente investimento para o seu negócio.

Entre agora mesmo no site da Tratativa, busque pelos fornecedores que prestam esse serviço e solicite propostas a todos eles. Bom trabalho.

Naming. O que o nome de uma empresa pode dizer sobre ela?
5 (100%) 6 votes

Deixe um comentário